Fale conosco: +5511 3129-4911 WhatsApp: +5511 95905 3972

COMO AGENDAR O PASSAPORTE ITALIANO

Abaixo você vai encontrar as regras para agendamento de passaporte. A velha forma de agendamento onde você se apresentava diretamente ao Consulado e obtinha uma senha para atendimento deixou de existir . Esse processo gerava filas e dava margem a qualquer tipo de manobra , como é comum em todos os postos públicos seja do Brasil como em qualquer país do mundo.

Avisamos aos interessados que não é uma tarefa fácil agendar. Na maioria das vezes você vai visualizar uma informação de erro apresentado pela pagina do site . Não há erro. Trata-se apenas de que não há vagas.

O consulado poderia colocar uma mensagem instrutiva explicando o erro , e não deixar o cidadão com a sensação estranha de que pode ser por sua culpa o fato de não ter conseguido.

Dica : Tente o site no horário próximo da meia-noite do horário Italiano.
  • O agendamento é individual e nominal , inclusive para menores de idade.
  • Nos casos em que o menor não possua endereço de e-mail, é necessário que se crie um apenas para essa finalidade através dos provedores gratuitos.
A partir de 01/01/2011, para solicitar passaporte italiano, os cidadãos nascidos no Brasil, maiores e menores de idade, deverão apresentar o passaporte brasileiro, em curso de validade (original + 1 fotocópia simples com a fotografia e assinatura).
  • Possuir um e-mail do provedor Hotmail /gmail (até o menor de idade deverá ter)
  • Entrar no site conssanpaolo.esteri.it
  • No canto superior direito, escolher a opção: (português)
  • Em serviços ao usuário, clique em “agendar visita”
  • Clique em “solicitação de passaportes” (está escrito em azul)
  • Abrirá um formulário para você fazer seu registro, e assim criar seu e-mail e senha para poder acessar os serviços consulares via computador (site)
  • Preenche o formulário… e finalize o registro
  • Após isso, abra seu e-mail (que você já possui) e veja se recebeu e-mail do consulado
  • Abre o e-mail recebido pelo consulado e confirme seu registro
  • Após isso, voltar no site do consulado e refazer a mesma coisa até chegar na página de registro novamente
  • Ao invés de fazer registro, lá em cima do canto direito você terá um campo para preencher: 1. seu e-mail e 2. senha
  • Preencher os dois campos e clicar em login
  • Abrirá um espaço com serviços consulares
  • Escolher agendamento de passaporte
  • Preencher tudo que pede, inclusive dados do passaporte brasileiro
  • Abrirá um calendário, onde você poderá escolher o dia e horário
  • Os dias em verde estão disponíveis
  • Dias para acessar o site e tentar o agendamento:O calendário é incrementado diariamente (às 0:00 hora de Roma), com nova data e faixas horárias disponíveis, sempre à distância de um mês.
    Indicativamente, e para os serviços passaportes e naturalização por casamento, às 19:00, 20:00 ou 21:00, hora de Brasília, conforme o horário de verão vigente nos 2 países.Acessar o site sempre nos dias informados pelo consulado, que é quando o consulado abre o site pra disponibilizar as vagas
  • Escolhendo o dia , poderá escolher a hora
  •  Imprima o comprovante com data e hora agendados
  •  Comparecer no consulado na Avenida Paulista, 1963, no dia e horário agendado os documentos necessários.
Assita ao vídeo abaixo explicando como fazer o agendamento:

  • Apresentar o requerimento (formulário) preenchido, e assiná-lo perante o funcionário encarregado;
  • Apresentar o passaporte italiano anterior (se possuir um), mais fotocópia simples das 2 primeiras páginas. Os requerentes nascidos no Brasil, maiores e menores de idade, deverão apresentar TAMBÉM o passaporte brasileiro original – válido – mais uma fotocópia simples da página contendo a fotografia e assinatura.
  • Apresentar duas fotografias idênticas, de ótima qualidade, recentes porém sem data, coloridas, frontais e com a face visível, no formato 3,5 x 4,5 cm, fundo branco. As fotos devem ser impressas com o sistema tradicional (não são aceitas fotos de máquinas instantâneas ou feitas através do computador).
  • Provar a própria identidade pessoal através da apresentação do original (mais uma fotocopia simples) da: Carteira de Identidade R.G.[se o R.G. estiver desatualizado ou de qualquer forma com mais de 10 anos da data de expedição apresentar também a Carteira de Habilitação CNH brasileira, valida e com foto, juntamente com o RG].Atenção: A carteira de habilitação “C.N.H.” e/ou o passaporte brasileiro não substituem a carteira de identidade “R.G.” O documento primário de identificação é o “R.G.”Para os estrangeiros apresentar o RNE [documento de identidade para estrangeiros], expedida pelas Autoridades locais, mais uma fotocópia simples.
    Não são aceitas identificações expedidas por Associações de Classe.Atenção: O documento de identidade (RG) deve permitir a identificação inequivoca do titular através da fotografia e da assinatura. Se o documento não for atual, convém providenciar a expedição de um novo RG.A Carteira de identidade para estrangeiros (R.N.E.) deve estar dentro do prazo de validade; o documento deve estar em bom estado de conservação e ter sido atualizado no último Recadastramento da Pol. Federal.
  • Para os nascidos no Brasil (maiores e menores de idade) e para os cidadãos italianos naturalizados brasileiros, apresentar também o passaporte brasileiro, em curso de validade, original + fotocópia simples da página contendo a foto e assinatura.
  • Demonstrar a própria residência na circunscrição consular apresentando um dos comprovantes indicados abaixo (original +fotocópia simples) em nome do interessado, que pode ser:- Declação do Imposto de Renda do último exercício (em nome do requerente)- Aviso recente do pagamento de aposentadoria (em nome do requerente)
  • Fatura recente de fornecimento de: energia elétrica, gás ou água (em nome do requerente).
  • Certidão de inscrição eleitoral [obtida na Junta Eleitoral onde a pessoa retirou o Titulo de Eleitor] com indicação do endereço residencial. Lembramos que no Brasil qualquer cidadão com 16 anos ou mais já pode solicitar o Titulo de Eleitor. Não serão aceitos comprovantes de residência em nome dos pais para os filhos que ainda residem com os genitores. Estes deverão trazer obrigatóriamente a Certidão de Inscrição Eleitoral, emitida pelo Cartório Eleitoral e com indicação do endereço residencial do Eleitor.
  • Pagar o custo do livreto e a da taxa (consultar na homepage do site a tabela das Tarifas II trim. 2011);
  • Se a situação civil do requirente sofreu variações no tempo em relação àquela registrada no Registro Civil Consular (no caso de ter contraído matrimônio, de ter tido filhos, de ter se divorciado etc.), é indispensável ter apresentado a respectiva documentação:Certidões expedidas pelo “Cartório de Registro Civil” brasileiro, originais e recentes.
    A assinatura do Oficial do “Cartório de Registro Civil” deverá obrigatoriamente ser reconhecida pelo “ERESP” da cidade de São Paulo. Esta condição è obrigatória também no caso de “Cartórios” de outras cidades ou Estados da Federação.
    Tradução para o idioma italiano.Em caso de divórcio: fotocopia do processo feita pelo “Cartório” do Tribunal de Justiça(Fórum) competente, com carimbo de autenticação em todas as folhas. O processo deve ser apresentado integralmente, a partir do pedido inicial da conversão da separação em divórcio até a conclusão da causa, contendo de forma clara e legível a data (dia, mês e ano) na qual a decisão passou em julgado e acompanhada pela respectiva “Certidão de Objeto e Pé”. Todos os documentos citados deverão ser traduzidos por tradutor juramentado, com firma reconhecida pelo “ERESP” e fotocopiados (xerox simples) frente-e-verso.
  • Se o requerente tem filhos menores de 18 anos, é necessário, no ato da apresentação do requerimento, o consentimento do outro genitor, mesmo que não sejam casados, estejam separados ou divorciados.O outro genitor deverá estar presente na ocasião da solicitação, munido do documento de identidade RG original ou RNE, expedida pelas Autoridades Policiais locais com as características do precedente ponto 4 ou, em caso de justificada impossibilidade de comparecimento, pode excepcionalmente ser utilizado uma autorização escrita especifica, assinada em Tabelionato de Notas de S. Paulo-Capital : modelo de autorização a favor de adulto com filho menor / modelo de autorização a favor de filhos menores.

Se o requerente for menor de idade (menor de 18 anos), é obrigatória a presença do menor e de ambos os pais, ou autorização escrita da outra parte não presente (munidos de carteira de identidade RG ou RNE com as características descritas no ponto 4, sendo que além da documentação acima indicada, deverá ser apresentado também:

  • Específico formulário preenchido (assinar na presença do Funcionário)
  • A apresentação do pedido deve obrigatóriamente ser feita pelo cidadão(ã) italiano(a) que transmitiu a cidadania italiana ao menor. O outro genitor deve se apresentar na qualidade de “parte autorizante”.
  • O passaporte brasileiro do menor (com fotocópia simples da página onde consta a assinatura e da página onde consta a fotografia) em curso de validade;
  • Fotocópia simples mais o original do documento de identidade RG de todos (RG do pai, RG da mãe e RG do menor)
  • No caso em que um dos genitores tenha falecido, é necessário ter apresentado o relativo atestado de óbito.
  • No caso em que o outro genitor se recuse a assinar o ato de consentimento, deverá ser fornecido um breve relatório escrito explicando os motivos do outro genitor para a negativa da autorização. Na carta deverá constar também o endereço e o telefone da parte relutante, de modo que o Consulado possa contactar a pessoa. Nos casos de motivação não justificada, o Consulado adotará as providências necessárias.

Para maiores informações, clique aqui e leia tudo sobre o passaporte italiano.